o esquerdomacho também é homem
o esquerdomacho também é homem

E sendo homem, ele odeia mulheres da mesma forma

Acredito que muitas mulheres que se relacionam com homens ou não, já tiveram que lidar com o tal do esquerdomacho. Aquele homem de esquerda que diz ter pensamento progressista e diz ser a favor da liberdade sexual, econômica e social das mulheres MAS no final das contas é tão machista e misógino quanto o homem de direita.

Quando nós mulheres ouvimos que um homem é de direita logo presumimos seu comportamento conservador, seu desejo que mulheres sejam submissas e façam suas vontades. Dito isso, quando nos deparamos com um homem que se diz de esquerda – imaginamos que esse cara deve ser diferente (mesmo porque a ideologia da esquerda prega sobre liberdade, a democracia e o bem-estar de todos os indivíduos). Tendemos a acreditar que homens de esquerda de fato, estão preocupados com a libertação das mulheres e por isso, acreditamos que com esse cara vai ser diferente, que ele jamais poderá oprimir, humilhar, estuprar e agredir mulheres.

Grande engano. Eu já me envolvi com diversos esquedormachos, a diferença é que na época eu não sabia do que se tratava e não tinha a maturidade que tenho hoje. Por isso, quando esse homem da esquerda começava a ter umas atitudes estranhas, eu pensava “deve ser coisa da minha cabeça, esse cara lê Marx e Lenin, claro que ele não vai querer meu mal”. É, eu estava errada sobre isso.

Meu ex tinha discurso progressista, me indicava textos feministas e até me disse para eu parar de depilar porque depilação é opressora para as mulheres (como se eu, mulher, não soubesse da minha própria opressão). Ele tinha um discurso pró-feminismo, mas na calada da noite, ele me agredia e estuprava. Parece impossível, né? Mas eles estão aí por todo lado, usando suas máscaras de homens que realmente se importam com as mulheres, mas que se mexer no calo deles, mostram bem quem são.

Algumas atitudes típicas de um esquerdomacho

  • Na sala de aula ele adora dar palestras, interrompe a professora, caso ela seja mulher. Se for homem, ele jamais interrompe.
  • Adora falar em sala o quanto ele sabe de Kant (sim, eles adoram citar Kant). O quanto eles sabem tudo sobre o darwinismo, o iluminismo e todas as revoluções do mundo.
  • Quando alguma colega de sala discorda dele, ai ai ai ai, esse cara fica nervoso: faz de tudo pra provar que sabe mais que ela e que o ela pensa não é um pensamento relevante perto do dele.
  • Esse esquerdomacho que ama tanto as mulheres, adora postar nas redes sociais o quanto o feminismo é importante. Ah, mas em casa de noite, ele agride a namorada, bate na namorada e força sexo.
  • Tem uma outra característica desse homem maravilhoso que é essa: “ah, minha ex ela era ótima, boa e tudo mais, o problema é que ela era louca, sabe? Mas com você é diferente”
  • Ele ama poliamor. Ele ama relacionamento aberto. E ele odeia mulheres, claro. “Ah é que eu não quero me envolver com uma pessoa só, sabe? Eu quero várias mulheres e quem discorda disso é conservador” Aí a mulher começa a ficar com outros caras também e ele: “Como assim? que vagabunda, piranha, o relacionamento aberto era só pra mim”
  • Esse homem também te chama pra casa dele pra tomar aquele vinho e ver série até que você discorda de um pensamento dele e ele mete o dedo na sua cara, grita com você, te empurra, e 5 minutos depois começa a chorar dizendo que está se desconstruindo ainda, pra você perdoá-lo. Que homem bom, né?
  • Ele também te indica revistas feministas, filmes feministas e fala que você vai aprender muito. Wue ele já sabe tudo de feminismo e você deveria saber também.
  • Quando o assunto é liberdade sexual, é o primeiro dizendo que mulher tem direito de fazer tudo no sexo e aí ele te propõe BDSM, pede pra você ficar amarrada enquanto ele te bate com chicote e joga vela quente no seu corpo. E você recusar esse pedido ele te chama de conservadora.
  • Tente não querer transar com ele um dia na semana. Ele começa a dizer que vai terminar, que terminou com as outras porque elas não transavam com ele.

Essas são só algumas situações que eu lembrei de muitas e parecem situações corriqueiras se você não estiver atenta. Eu passei por todas e na época eu achava “normal” afinal, ele era da esquerda, ele era a favor do feminismo e ele era “a favor” das mulheres. 

O que nós precisamos entender, é que tanto homens da direita quanto homens da esquerda, odeiam mulheres, igualmente. A diferença é que um é aberta e visivelmente conservador, machista e misógino; já o esquerdomacho se diz em prol das mulheres, se diz em prol da liberdade feminina, mas só até onde não o incomode e não fira o ego dele. Tenta discordar dele pra você vê até onde ele é “a favor das mulheres”.

Fiz esse texto para que meninas e mulheres consigam identificar caso encontre algum homem com esse discurso (eles estão aí e em bandos). Muitas vezes, nos questionamos se esse homem da esquerda teria mesmo coragem de maltratar mulheres já que ele posta coisas sobre comunismo, socialismo, bem estar de todos os indivíduos. Mas sim, eles têm. Não se esqueça que esse homem da esquerda, é homem. E homens não querem perder nenhum privilégio para que mulheres se libertem. Eles querem poder, querem estar no topo (sendo da direita ou da esquerda). Não se esqueça disso.

Esquerdomachos, nós já reconhecemos vocês. Aqui não !

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui