A chama do feminismo está viva no Irã

Defender o direito das muçulmanas usarem o véu é perfeitamente apropriado nas sociedades ocidentais em que nativistas e xenófobos estão ganhando força política. Mas deixar de falar contra o véu como um símbolo de apartheid de gênero em países onde seu uso é obrigatório por lei, é uma traição a todos os valores democráticos e feministas que lhes são tão caros.

Read more