Poder para as irmãs e, portanto, para a classe

Quando dizemos, por exemplo, que queremos o controle de nossos próprios corpos, estamos desafiando a dominação do capital que transformou nossos órgãos reprodutivos tanto quanto nossos braços e pernas em instrumentos de acumulação de trabalho excedente; transformamos nossas relações com os homens, com nossos filhos e nossa própria criação, em trabalho produtivo para essa acumulação.

Read more

A reprodução da força de trabalho na economia global, teoria marxista e a revolução feminista inacabada

Várias conclusões devem ser tiradas desta análise. Primeiro, lutar pelo trabalho assalariado ou lutar para “juntar-se à classe trabalhadora no local de trabalho”, como algumas feministas marxistas gostavam de dizer, não pode ser um caminho para a libertação. O emprego assalariado pode ser uma necessidade, mas não pode ser uma estratégia política. Enquanto o trabalho reprodutivo for desvalorizado, enquanto for considerado um assunto privado e de responsabilidade das mulheres, as mulheres sempre enfrentarão o capital e o Estado com menos poder do que os homens e em condições de extrema vulnerabilidade social e econômica.

Read more

Coronavírus, Mulheres e o neoliberalismo de Bolsonaro

Da violência doméstica em casa ao lugar ocupado pela divisão sexual do trabalho, o coronavírus ao menos escancarou uma realidade que o movimento feminista tem denunciado e lutado para mudar no último século: o lugar de vulnerabilidade política, econômica e social que a sociedade capitalista de dominação masculina reserva para mulheres.

Read more