A questão das mulheres em Cuba

No entanto, não foi preciso um conhecimento muito profundo das relações sociais em Cuba para perceber que o patriarcado ainda se faz presente ali. O assédio sexual nas ruas é muito presente, o que deixa evidente, de imediato, para qualquer mulher que coloque os pés na ilha, que a revolução não superou o machismo. É também perceptível que os papéis sexuais continuam bem estabelecidos, sendo que o trabalho reprodutivo continua sendo visto como trabalho feminino. Além disso, dentro do próprio território cubano, o índice de desigualdade é diferente, a desigualdade social provocada pela hierarquia entre os sexos vai ampliando conforme se caminha para o leste, segundo o estudo “Índice de Desigualdad de Género en Cuba: Un Enfoque Territorial”.

Read more