feminista
"Peace, Pink, Power" por Cheryl Braganza

Lá no íntimo

Sou selvagem na minha tristeza

uma mulher trabalhadora

uma boa mulher Apache

uma mulher coletora

uma mulher do Mundo Vermelho

uma mulher parda chicana

uma mulher mãe

uma mulher que ama

uma mulher azul

uma mulher eucalipto

uma mulher suave

uma mulher intensa

uma mulher em resistência

uma mulher que incomoda

uma mulher de caça

uma mulher que se move

uma mulher quieta

uma mulher que dança

uma mulher que canta

uma mulher pólen

uma mulher espírito

uma mulher deserto

uma mulher montanha

uma mulher oceano

uma mulher do Mundo Branco

uma mulher criando trilhas

uma mulher em mudança

Olhe ao seu redor

Olhe ao seu redor

O que você vê

O que você vê

O que vai fazer

O que vai fazer

Quando nós andarmos juntas.

Quando nós andarmos juntas.

———————————–

Poesia original em Inglês escrita por Inés Talamantez, publicada em Radically Speaking: Feminism Reclaimed. Tradução de Aline Rossi.

Inés Maria Talamantez é uma etnógrafa e teóloga de Mescalero. Ela é professora de estudos religiosos na Universidade da Califórnia, Santa Barbara (UCSB). Especialista em Religião e Filosofia Nativa-Americana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui